Artigo: A integração entre a escola e a família

09/02/2015

Todos os envolvidos na educação sabem a importância da integração entre a escola e a família para que seja possível um desenvolvimento saudável das crianças. Às vezes o que falta é uma orientação, para que saibam a forma que esta participação possa acontecer, de forma a não assumirem os papeis em que cada um é responsável. 

 

escola e a família

Falando em educação, existem aqueles que acreditam que a educação vem da escola, ou até mesmo que a educação vem da família! 

O que na realidade acontece, é que até os sete anos, as crianças constroem seus sistemas de crenças e valores (responsáveis pela formação da personalidade de cada um) e, assim agem a partir do que acreditam. Já o aprendizado é algo contínuo na vida de todo ser humano, desde o período de gestação. 

Não temos um limite para o aprendizado, mas sim podemos criar possibilidades para que novos conteúdos sejam apreendidos durante toda vida.

Desta forma, a educação não é responsabilidade única e exclusiva da família, porém inicia-se nos primeiros anos no contexto familiar e, segue-se a partir do trabalho em conjunto com a escola, no momento em que os mesmos valores entre a escola e a família são fortalecidos e ensinados, a partir das situações cotidianas vivenciadas pela criança.

Por responsabilidade da escola, existe o aprendizado, sendo que este é o ambiente propicio para que cada aluno adquira novos conhecimentos e tenha conhecimento teórico e prático sobre o mundo. Entretanto, mais uma vez esta não é responsabilidade exclusiva, visto que seu aperfeiçoamento e aprimoramento acontecem e potencializam quando a família ajuda e possibilita que o aprendizado ocorra em período integral. Sem deixar que o estudo seja uma obrigação e sim um interesse e incentivo cotidiano.

Assim, o aprendizado de forma livre e lúdica, acontece não só fora como dentro da escola e, se existe um apoio mútuo entre os responsáveis por estas crianças, cria-se nelas o prazer de aprender e se interessar por assuntos novos, sendo autônomos em seu próprio aprendizado. 

Paola Albertin - Psicóloga 
Lupe Picasso

Cursos

educação infantil

Nessa fase, incentivamos o gosto pelas descobertas para que a criança aprenda a conhecer, a fazer, a ser e a viver. Ela é estimulada a raciocinar, a construir relações e a socializar-se.

+

ensino fundamental

Estimulamos no aluno a prática da observação, a fim de que se tenha uma reflexão sobre a realidade numa visão social, histórica e cultural para construção de conhecimento num processo participativo.

+

ensino médio

Ambos os cursos técnicos de nível médio atendem as exigências legais de cada qualificação ou habilitação, promovendo a transição entre a escola e o mercado de trabalho.

+